Biquíni com proteção solar. Entenda como funciona!

Você sabia que todas as nossas lycras praia têm proteção UV50+?

Essa tecnologia ajuda na prevenção de doenças de pele, muito comuns em regiões tropicais como o nosso país.
Os tecidos com proteção UV estão cada vez mais populares devido ao aumento de esportes ao ar livre e também à conscientização da população sobre a importância de se cuidar da pele.

Porém ainda surgem dúvidas a esse respeito. Realmente funciona? A proteção sai com a lavagem?
Neste post esclarecemos essas e outras dúvidas.

Os tecidos com proteção UV começaram a ser produzidos em 1996 na Austrália.
A ARPANSA (Agência Australiana de Proteção à Radiação e Segurança Nuclear) é a responsável pela criação da norma que quantifica o nível de proteção oferecido pelas roupas, ou seja, a porcentagem de raios UV filtrados por um tecido.

O nível de proteção segue a seguinte tabela:

FPU 15 e 20 – bloqueiam de 93,3% a 95,9% da radiação ultravioleta.
FPU 20, 30 e 35 – bloqueiam de 96,0% a 97,4% da radiação.
FPU 40, 45 e 50 – bloqueiam mais de 97,5% de radiação UV.

Peças com proteção inferior a 93,3% não são consideradas fotoprotetoras.

Como funciona a proteção?
Assim como os protetores solares de uso tópico, os tecidos com proteção UV são feitos para refletir os raios UVA e UVB. Dessa forma, quando exposta ao sol, a roupa não permite que a pele absorva a radiação. O efeito é imediato, assim que se veste, a proteção se inicia, e continua enquanto estiver vestido.

Como cuidar da minha peça com proteção UV?
O indicado é lavas as peças sem o uso de alvejantes químicos, secar sempre à sombra e não guardar as peças molhadas para evitar o desgaste das mesmas.
O importante é sempre seguir as instruções de lavagem da etiqueta. A proteção não sai com as lavagens, porém, puídos, rasgos e outros danos danificam a barreira de proteção.

Agora que você já sabe como os tecidos protetores funcionam, se proteja do sol com bastante estilo nesse verão!

Veja todas as estampas de lycra praia disponíveis aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *